quem sofre sente dor porquê? Porque sente a vida.

quem sofre sente  dor porquê? Porque sente a vida.

a minha vida adormeceu sem ti,já não tenho mais brilho,mergulho no fundo de um poço sem fim.

a minha vida adormeceu sem ti,já não tenho mais brilho,mergulho no fundo de um poço sem fim.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008


Lembra-te de mim,
lembra-te que te deixei palavras de carinho,
dando tudo de mim sem esperar nada receber,
apenas para te fazer sorrir.

7 comentários:

Mysticc disse...

Anne Frank.. faz parte da minha colecção de livros este diário.
nunca é de mais recordar o que lhe aconteceu.. para que a humanidade não volte a cair nos mesmo erros.
:)

Afectos disse...

faz parte de um esconderijo meu também - a confidência do silêncio.

kakauzinha disse...

Li o Diário de Anne Frank em francês (porque estudava no liceu francês), era ainda uma adolescente. Chorei, chorei, e chorei. E ainda hoje choro quando vejo um filme dedicado a esta menina tão doce e a quem a vida deu um trágico destino, a vida e a maldade sem mesura de um louco.

Beijinhos azuis para ti, obrigada pelas visitas****

Segunda impressão disse...

Esse é o único desejo de quem gosta de verdade.

Fragmentos Intemporais disse...

Amigo intemporal...
Nesta época natalícia, quero agradecer-te por fazeres parte da minha vida!
Obrigada por cada novo sorriso, pela partilha, pelos conselhos, pela amizade!

És único, és belo, és grande!

Beijocas e Feliz Natal!

ki-colado disse...

Um dos passeios mais emocionantes para quem visita Amsterdam, dizem que é o local onde Anne Frank com sua familia esconderam-se durante todo período de ocupação nazista.

Pretendo visitar esse local o ano que vem, e postar várias fotos da cidade e suas curiosidades...

Bom ano novo à todos!!!

Fragmentos Intemporais disse...

Saudades imensas de ti amigo intemporal!

Espero que estejas bem... os teus cantinhos continuam divinais!!!

Beijocas mil *